João Paulo Coutinho

Começo do ano é hora de planejar e pensar sobre o futuro. Em algum momento paramos para traçar as metas e objetivos para o ano que se inicia.  E uma das metas traçadas pela maioria dos profissionais é encontrar um novo emprego que traga um salário melhor, felicidade e estabilidade. Mas como se destacar no meio de uma multidão de profissionais que buscam recolocação ou que estão empregados mas tem o mesmo objetivo?

Nessa época vemos muita gente em busca de uma nova vaga e as empresas mais cautelosas em suas contratações. Não é a toa que a concorrência para uma recolocação está acirrada. Para se destacar dos demais, o preparo deve acontecer antes mesmo da entrevista. Ter foco, criatividade, pesquisar sobre a empresa e setor, fomentar o networking e usar alguns truques de postura e linguagem são atitudes essenciais para quem quer sair na frente na disputa. 

Abaixo vou listar algumas dicas para ajudar você a se destacar e conseguir uma recolocação já! 

    1. Trace onde quer chegar

Você já sabe aonde quer chegar? Antes de começar a disparar seus currículos, faça uma lista das 10 empresas em que você gostaria de trabalhar e busque as vagas disponíveis. Pesquise quais as exigências que elas fazem para o cargo que você deseja atuar. Caso você não se enquadre nos requisitos, faça cursos para se atualizar. Não fique dando tiro para todos os lados. Ter foco é fundamental! 

    2.  Use a tecnologia como sua aliada

Você usa bem as redes sociais? Faz relacionamento? Use a rede para fazer pesquisas sobre a empresa, para estudar e se atualizar. Tenha perfis relevantes nas redes sociais. Os recrutadores das melhores empresas pesquisam tudo que você posta na internet. Tenha perfis atualizados no Linkedin, Facebook e Twitter, sempre com conteúdo de qualidade. 

   3. Potencialize o networking

O networking tem se tornado cada vez mais importante na hora de conseguir uma vaga. Para promover uma rede de contatos estratégica e funcional, deve-se ir além dos amigos nas redes sociais. Vá a feiras e eventos onde pode encontrar os profissionais das áreas e empresas de seu interesse. Troque cartões, aja naturalmente e deixe a timidez de lado. 

   4. Treine, treine e treine

Essa parece uma dica boba, sem importância, mas você não sabe a importância dela. Durante a entrevista, o autoconhecimento terá um papel fundamental no sucesso ou fracasso do seu desempenho. Quanto mais você se conhece, mais tranquilo ficará durante essa parte do processo admissional. Um dia antes, treine no espelho falando sobre suas experiências profissionais, seus objetivos e suas perspectivas nessa empresa. Imagine que perguntas o recrutador pode te fazer e como você irá responder.

  5. Cuide da comunicação verbal e não verbal

Quando estiver frente a frente com o recrutador, não fale que você tem apenas interesse financeiro por mais que isso seja verdade. Demonstre preparo para atuar na empresa em questão. Sorria, chame o entrevistador pelo nome, mantenha postura e olhe nos olhos dele, principalmente ao cumprimentá-lo. Troque a palavra “problema” por “desafio”; “erros” por “aprendizado; e “fazer” por “ser responsável por”.

    6.  Seja criativo! 

Por último e não menos importante, use a criatividade! Ofereça soluções que não são esperadas. Aja por conta própria. Fuja do tradicional fazer e enviar currículos. Tenha liberdade para pular algumas etapas tradicionais. Que tal entrar em contato com quem deseja trabalhar e sugerir de tomarem um café? Lembre-se: o não você já tem. O máximo que pode acontecer é você não receber um retorno. Mas, com certeza, sua imagem e ousadia ficarão marcadas.

Espero que minhas dicas te ajudem a encontrar uma nova posição! Colocando em prática essas dicas, garanto que suas chances de ser visto e chamado para uma entrevista vão aumentar. Desejo sucesso nos próximos processos!